Instituto Federal do Paraná Marca do IFPR I NS TIT U T O F EDER A L Paraná Campus Quedas do Iguaçu
Início Notícias Docente do Campus Quedas é selecionado para concorrer ao Prêmio CAPES de Tese

Docente do Campus Quedas é selecionado para concorrer ao Prêmio CAPES de Tese

Publicado em

A Tese de Doutorado “Dispositivos moleculares para conversão de energia: filmes compactos de TiO2 em DSPECs e complexos de Ir(III)” escrita e defendida em 2018 pelo Prof. Dr. Rodolfo Lopes Coppo, docente de Química do IFPR Campus Avançado Quedas do Iguaçu, foi indicada para concorrer ao Prêmio CAPES de Tese – Edição 2019.

Fruto de quatro anos de pesquisa realizada no Laboratório de Fotoquímica e Conversão de Energia, no Instituto de Química (IQ) da Universidade de São Paulo (USP), sob orientação da Profa. Dra. Neyde Y. Murakami Iha, o trabalho apresenta de forma bastante sucinta e coesa os resultados de avanços alcançados na área de conversão de energia. Esses resultados relacionam-se tanto às investigações de vanguarda na arquitetura de dispositivos de fotossíntese artificial – tema contemporâneo de extrema relevância na área de energia – quanto aos estudos fotofísicos em compostos de Ir(III) visando suas aplicações em diodos emissores de luz (LEDs). A Tese foi selecionada por uma comissão do IQ/USP para representar a instituição no prêmio, que agraciará as melhores Teses defendidas no Brasil em 2018.
A primeira parte do estudo aborda os dispositivos de fotossíntese artificial, que são células solares que utilizam a energia do sol para promover a separação fotoeletroquímica da água e gerar O2 e H2 (combustíveis solares renováveis). Esses dispositivos figuram como tecnologia de ponta e em franco desenvolvimento no mundo, no entanto, com pouquíssimos exemplares no Brasil. Já a outra parte da Tese apresenta os resultados da investigação fotofísica dos três novos complexos de Ir(III) obtidos e a aplicação de um deles em LED.
Parte da pesquisa foi desenvolvida durante o estágio de doutorado sanduíche no laboratório do Prof. Dr. Thomas J. Meyer, renomado professor da University of North Carolina at Chapel Hill (Estados Unidos) e consagrado na área de células solares. O projeto teve financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) em cooperação com a Coordenação de Apoio à Pesquisa do Ensino Superior (CAPES).
O conhecimento adquirido durante a realização desse trabalho já foi transferido e colocado em prática no Campus Avançado Quedas do Iguaçu por meio do desenvolvimento do projeto “Produção de células solares de Grätzel e investigação de corantes orgânicos”, que conta com um bolsista PIBIC-Jr (IFPR/CNPq), vice-coordenado pelo Prof. Rodolfo e coordenado pelo Prof. João Paulo Ganhor. Parte dos resultados desse projeto já foi apresentada no II IFTECH/IFPR Quedas do Iguaçu e outra parte será apresentada ainda esse mês em encontro nacional (ENICTS/IFPR Paranaguá).
O resultado do Prêmio CAPES de Tese – Edição 2019 será divulgado em diário oficial até setembro e a cerimônia de premiação ocorrerá em dezembro em Brasília.

Galeria de Fotos

Leia mais

Topo