Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro

Projetos de Ensino, Extensão e Pesquisa

PROJETOS DE ENSINO

Título: INTERCULTURAL WORKSHOP

Responsável: Lediane Manfé de Souza

Duração: 2017

Palavras-chave: Abordagem Intercultural, Pensamento crítico, Ensino de Inglês.

Resumo: Diante do contexto contemporâneo, fortemente marcado por diálogos interculturais, a escola apresenta-se como um espaço de inclusão à cidadania global. Nessa perspectiva, o projeto de ensino “Intercultural workshop” tem como’- objetivo é oferecer aos alunos do 2º ano do ensino médio do Instituto Federal do Paraná (IFPR), campus Quedas do Iguaçu, a oportunidade de repensar conceitos como língua e cultura ao problematizar questões de identidade e cidadania. Isso possibilita que o aprendizado ultrapasse o conhecimento linguístico, permitindo pensar as diferenças e a própria identidade num processo de desenvolvimento da competência intercultural e do pensamento crítico. A abordagem intercultural proporciona a alunos e professor a oportunidade de trilharem caminhos pouco explorados, nos quais o conflito, o contato com o diferente e os embates interculturais podem contribuir para a reflexão de que o aprendizado de uma língua estrangeira não se limita à mera imitação do outro, pelo contrário, pode promover o desenvolvimento do aprendiz de modo integral, tendo em vista a experiência enriquecedora de alteridade na língua e cultura (CORBETT, 2009).

 

 

Título: XADREZ MASCULINO

Responsável: Carbone Bruno Schmidt Krug

Duração: 2017

Palavras-chave:

Resumo: A prática do jogo de xadrez pode influenciar positivamente, por um lado, no desempenho intelectual dos seus praticantes, melhorando a capacidade de abstração, o raciocínio lógico, a concentração, a memória e a imaginação. Por outro lado, também favorece a integração social dos seus jogadores, desenvolvendo a cidadania, o comprometimento social e o respeito ao próximo, haja vista que apreenderão a respeitar às regras, conviver em sociedade, refletir e agir individualmente e/ou em grupo. Diante disso, percebe-se que a prática do xadrez pode trazer contribuições relevantes para a educação. Além dos benefícios supracitados, este jogo pode estimular o desenvolvimento de atividades interdisciplinares, aproximando teoria e prática, e contribuindo para o desenvolvimento da autonomia dos estudantes. Então, desenvolver um projeto que visa estimular a prática do jogo de xadrez é importante para auxiliar em uma aprendizagem significativa, de formação integral, para os estudantes. Este projeto tenciona, portanto, estimular e disseminar a prática do jogo de xadrez entre os estudantes, melhorando às relações interpessoais e o desempenho acadêmico dos envolvidos.

 

Título: IF-FUTSAL IFPR QUEDAS

Responsável: Carbone Bruno Schmidt Krug

Duração: 2017

Palavras-chave: Futsal, Ensino, Esporte, Cidadania

Resumo: O projeto de ensino IF-Futsal IFPR Quedas, enquanto projeto educativo, tem a intenção de promover a integração social dos estudantes do campus, estimular prática do jogo de futsal bem como desenvolver o hábito da pratica desse esporte e de exercícios em geral, contribuindo para a melhora de vida dos envolvidos. Durante os treinamentos, além da aprendizagem do jogo de futsal em si, os estudantes tem a oportunidade de conviverem com os professores (Danilo, Carbone, Giancarlo e Flávio, bem como com outros docentes que por ventura tenham interesse em participar) em um ambiente diferente da sala de aula, oportunizando o convívio social entre eles, possibilitando a discussão de questões de formação geral: Esportes; economia; saúde; artes; educação; etc.

 

Título: IFPR QUEDAS DO IGUAÇU NA OLIMPÍADA DE QUÍMICA

Responsável: Giancarlo Zuchetto Belmonte

Duração: 2017

Palavras-chave: Competições de conhecimento, Melhoria do aprendizado, Ensino de Química.

Resumo: A Olimpíada de Química, nas suas etapas regional e nacional, é um incentivo de estudo e aprendizagem para os sujeitos que nela estejam envolvidos (os alunos e suas famílias e o professor). A “Olimpíada de Química” envolve todos os anos do ensino médio, abordando temas transversais, como meio ambiente, tecnologia e saúde. O projeto é desenvolvido através da resolução de exercícios encontrados em provas anteriores e aulas presenciais de orientação. Os resultados esperados são a melhoria na aprendizagem da Química e um bom desempenho na Olimpíada. A participação nessa classe de eventos pode estimular o interesse do estudante pelo estudo das Ciências Exatas e da Natureza.

 

Título: INCLUSÃO E CAPACITAÇÃO DE ALUNOS PARA A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE INFORMÁTICA NO CAMPUS AVANÇADO DE QUEDAS DO IGUAÇU

Responsável: Professor Danilo Giacobo

Duração: 2017 (6 meses)

Palavras-chave: Olimpíada Brasileira de Informática, Programação, Raciocínio Lógico, Resolução de Problemas.

Resumo: A Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) é uma competição que visa despertar nos jovens o interesse pela Ciência da Computação e pela Ciência em geral. A OBI é realizada anualmente desde 1999 pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). O objetivo da mesma é despertar nos alunos o interesse por uma ciência importante na formação básica hoje em dia (no caso, ciência da computação), por meio de uma atividade que envolve desafio, engenhosidade e uma saudável dose de competição. A justificativa para a elaboração e execução deste projeto se dá com o intuito de promover no campus avançado de Quedas do Iguaçu a implantação e organização da OBI local e como uma capacitação a mais na área de programação de computadores para os estudantes do curso técnico integrado em informática fornecido pelo instituto. O objetivo principal a ser atingido com este projeto é o de estimular o interesse do aluno pela computação e áreas afins com o intuito de fornecer ao mesmo uma base conceitual e prática na área de lógica e programação de computadores para que o mesmo possa participar efetivamente da OBI e que ele seja também um multiplicador do conhecimento obtido para com os outros alunos interessados. As etapas do projeto envolvem o cadastro do instituto como escola sede, o treinamento do aluno em raciocínio lógico, o ensino e a prática nas linguagens de programação usadas na olímpiada e a participação do discente na mesma. Espera-se como resultado do projeto (a curto e médio prazo) que o aluno melhore sua capacidade de resolução de problemas matemáticos e computacionais, divulgue o projeto, ensine outros alunos e tenha uma boa colocação na OBI.

 

 

PROJETOS DE EXTENSÃO

 

Título: UMA AVALIAÇÃO SOBRE A SITUAÇÃO DO LIXO ELETRÔNICO NO MUNICÍPIO DE QUEDAS DO IGUAÇU

Responsável: Professor Danilo Giacobo

Duração: 2017-2018

Palavras-chave: Lixo Eletrônico, Sustentabilidade, e-lixo, Reciclagem

Resumo: O consumo desenfreado de aparelhos eletrônicos, a evolução tecnológica sem precedentes que está acontecendo em nosso mundo atualmente, a obsolescência programada ditada por algumas empresas e a falta de campanhas de conscientização por parte da população tornam o lixo eletrônico um dos grandes problemas atuais da sociedade a ser resolvido. O lixo eletrônico é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos. Com o crescente uso e troca constante de equipamentos eletrônicos no mundo hoje, este tipo de lixo tem se tornado um grande problema ambiental quando não descartado em locais adequados. O impacto do seu descarte incorreto no meio ambiente também é motivo de preocupação atual pelo mundo afora e porque não em qualquer cidade que possua aparatos deste tipo. Com esta justificativa, o projeto em questão tem como objetivos realizar uma pesquisa bibliográfica sobre o assunto e conhecer as medidas que estão sendo adotadas para resolver o problema, o de realizar um levantamento da situação atual do lixo eletrônico no município de Quedas do Iguaçu, o de construir e realizar ações de conscientização sobre a problemática deste tipo de lixo, o de propor medidas de descarte correto do mesmo, além de promover uma campanha pontual de recolhimento e descarte correto do lixo eletrônico com a ajuda de empresas e da comunidade local. Espera-se que com o desenvolvimento deste projeto a comunidade local esteja mais ciente do problema do lixo eletrônico e contribua para o descarte correto do mesmo além de incentivar o consumo consciente de novas tecnologias.

 

Título: PRODUÇÃO DE MUDAS ORNAMENTAIS ATRAVÉS DA PROPAGAÇÃO VEGETATIVA PARA ATENDER À DEMANDA DA COMUNIDADE E A ORNAMENTAÇÃO DO IFPR QUEDAS DO IGUAÇU

 

Responsável: Flávio Endrigo Cechim

Duração: 2017

Palavras-chave: Produção de Mudas, Viveiro Florestal, Qualidade de Vida, propagação vegetativa.

Resumo:  Este projeto tem por objetivo produzir mudas de espécies ornamentais, com a finalidade de doar à comunidade do município de Quedas do Iguaçu em eventos promovidos pelo instituto e para compor o projeto paisagístico do campus do IFPR. O desenvolvimento deste projeto busca ainda gerar subsídios para o desenvolvimento de futuros projetos de pesquisa, ensino e extensão, além de contribuir para a formação de um ambiente propício para a educação ambiental, bem como divulgar o IFPR no município e na região. O projeto será desenvolvido no Instituto Federal do Paraná campus Avançado Quedas do Iguaçu, buscando a reutilização de materiais para a construção da estufa e das estruturas para a propagação das mudas por estaquia. Entre os materiais a serem reutilizados estão as garrafas PET, recipientes de tintas e recipientes de leite entre outros. Além de contar com a doação de materiais pelas empresas Araupel S/A e Engie S/A parceiros do projeto. Espera-se com esse projeto produzir mudas de qualidade, com baixo custo e de forma rápida através da propagação vegetativa por estaquia. Desta forma espera-se atender a demanda de mudas em eventos do instituto, as necessidades da comunidade em geral e o projeto de paisagismo do IFPR campus avançado Quedas do Iguaçu propagando a preservação do ambiente e a sustentabilidade, contudo contribuindo para a formação acadêmica e cidadã dos alunos do instituto e da população, promovendo a interação do instituto com a comunidade externa.

 

Título: TRILHA ECOLÓGICA: UMA FERRAMENTA PARA A CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL DA COMUNIDADE

Responsável: Flávio Endrigo Cechim

Duração: 2017

Palavras-chave: Sustentabilidade, flora, fauna, Interdisciplinar, Educação Ambiental, Extensão

Resumo: Em decorrência das necessidades de promover a conscientização da população quanto a preservação dos ambientes da sustentabilidade dos recursos naturais e ao mesmo tempo a necessidade de buscar a inserção do IFPR na comunidade de Quedas do Iguaçu, aumentando a visualização da instituição na cidade e na região. O projeto tem como objetivo promover ensino e a conscientização da comunidade externa quanto a importância da preservação da natureza através da construção e da visitação da trilha ecológica e das coleções biológicas. A trilha está sendo construída na área do Campus de Quedas do Iguaçu e deverá atender as necessidades de levar conhecimento a comunidade externa através da extensão em visitas orientadas que promovam a educação ambiental e a aquisição de conhecimentos biológicos, bem como atender ao ensino e a pesquisa no campus. O projeto será desenvolvido em parceria como grupo PET (Programa Estudantil de Tutoria) Engenharia Florestal de UTFPR – DV e com a Empresa ARAUPEL S/A, buscando a participação dos alunos do ensino integrado para a construção e para a visitação da trilha. Este trabalho, portanto, tem como objetivo principal propor a construção da trilha ecológica e das coleções biológicas do IFPR – Campus avançado Quedas do Iguaçu com a finalidade de de trazer a comunidade ao instituto e de levar o conhecimento a comunidade através da extensão, promovendo a conscientização da população de Quedas do Iguaçu e consequentemente a preservação e conservação da natureza, de modo a maximizar a conscientização ambiental do visitante e divulgado as instituições envolvidas. Para que esses objetivos sejam alcançados durante o desenvolvimento do projeto os parceiros e os alunos participantes, serão envolvidos em todas as etapas, deste o mapeamento da área e a construção de mapas até a orientação das visitas à comunidade do IFPR e externas.

Título: CANTA IFPR
Responsável: Elaine Cristina Zotti
Duração: 2017
Palavras-chave: Música, Cultura, Comunicação
Resumo: Nosso coro é formado pelos alunos do 1º e 2º ano do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio e visa abrir espaço para que os  estudantes possam se expressar e se comunicar através da música, e também promover experiências de observação e abordagem em seus vários contextos culturais.

 

PROJETOS DE PESQUISA

 

Título: PROJETO TRILHA ECOLÓGICA: UMA FERRAMENTA DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO

Responsável: Flávio Endrigo Cechim

Duração: 2017

Palavras-chave: Levantamento, flora, fauna, Interdisciplinar, Educação Ambiental.

Resumo: Em decorrência das necessidades de se buscar novas metodologias para o ensino e montar as coleções didática de zoologia e botânica para o ensina da biologia. A construção de uma trilha ecológica na área do Campus de Quedas do Iguaçu atenderá as necessidades do ensino e possibilitará a realização de pesquisas e poderá atender a comunidade externa em visitas orientadas que promovam a educação ambiental e a aquisição de conhecimentos biológicos. O projeto será desenvolvido em parceria como grupo PET (Programa Estudantil de Tutoria) Engenharia Florestal de UTFPR – DV e com a Empresa ARAUPEL S/A, buscando a participação dos alunos do ensino integrado. Este trabalho, portanto, tem como objetivo principal propor a construção da trilha ecológica e das coleções biológicas do IFPR – Campus avançado Quedas do Iguaçu para a finalidade de atender a tríade ensino, pesquisa e extensão, gerando preservação e conservação da natureza, de modo a maximizar a conscientização ambiental do visitante e divulgado as instituições envolvidas. Para que esses objetivos sejam alcançados durante o desenvolvimento do projeto os parceiros e os alunos participantes, serão envolvidos em todas as etapas, deste o mapeamento da área e a construção de mapas até a orientação das visitas à comunidade do IFPR e externas.

 

Título: APLICATIVO COMPUTACIONAL PARA ANÁLISE DE VIABILIDADE E DIMENSIONAMENTO DE SISTEMAS DE GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA EM INSTALAÇÕESOn-Grid E Off-Grid
Responsável: Rafael Gil Ferques
Duração: 2017-2018
Palavras-chave: Algoritmos genéticos, inteligência artificial, aplicativo computacional, fontes renováveis de energia.
Resumo: O objetivo deste trabalho será o desenvolvimento de uma aplicação computacional para dimensionamento de sistemas de geração de energia eólica em instalações on grid e off grid de pequeno porte, utilizando-se um processo amigável e interativo ao usuário. Para isso serão utilizados os conceitos de inteligência artificial em conjunto com algoritmos genéticos, para verificação da viabilidade técnica e econômica da implantação do sistema de geração eólica. Ainda, implementar um banco de dados integrado, para dados de vento conforme a localização geográfica, especificações técnicas e custos de componentes de um sistema eólico. A codificação da aplicação será através das linguagens Ruby e C# e o banco de dados em linguagem PostgreSQL. A integração destas linguagens e bibliotecas será através da biblioteca Matlabcontrol. Os dados de vento serão obtidos através da integração da aplicação com o Atlas do Potencial Eólico Brasileiro. Com os dados de vento, demanda energética e o tipo de configuração iniciará o dimensionamento do sistema eólico, para em seguida, com o uso da mineração de dados, verificar o melhor cenário para o projeto. Os cálculos utilizados para o dimensionamento serão conforme Pinho et al. (2008), CRESESB (2014) e em Albano (2009).

Título: OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO DE TEXTOS DISSERTATIVOS DO IFPR DO CAMPUS AVANÇADO DE QUEDAS DO IGUAÇU

Responsável: Claudia Candido da Silva

Duração: 2017-2018

Palavras-chave: Produção textual; Textualidade; Critérios avaliativos.

Resumo: A atuação em instituições de ensino de nível médio traz ao professor de Língua Portuguesa indagações sobre a concepção de língua, de texto e de sujeito com as quais deve trabalhar. Esta pesquisa adota a perspectiva sociointeracionista da língua, a qual valoriza a interação verbal entre os indivíduos, tendo a língua como um sistema flexível, heterogêneo e criativo. Concebe o texto como a unidade de ensino e aprendizagem de todos os componentes curriculares, pois todos os seres humanos interagem por meio de textos, sejam eles orais ou escritos. O aluno do ensino médio chega na escola sabendo ler e escrever bem, por isso o trabalho com a escrita é mais de lapidação, refinamento, no qual, o aluno aprenderá, de fato, a variante culta e a adequação dela nas mais variadas situações de comunicação. Os documentos oficiais norteadores do ensino médio, como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNEM) e as Orientações Curriculares (OCNEM), preconizam que o trabalho deve ser realizado com a maior variedade de gêneros textuais possível. Porém, nesta pesquisa, optou-se pelo gênero dissertativo, por ser este o mais solicitado nos exames de seleção para o acesso a cursos superiores. O principal objetivo deste trabalho é desenvolver estudos dos principais aportes teóricos que norteiam a produção escrita de nível médio no Brasil, investigando, dentre estes, quais são os critérios utilizados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para a atribuição de conceitos aos textos dissertativos a fim de nortear as produções de textos dissertativos dos alunos do IFPR Campus Avançado de Quedas do Iguaçu. Esta pesquisa tem caráter qualitativo, pois, preliminarmente, vai aferir os critérios da prova do Enem e posteriormente será elaborada uma proposta de orientação para a correção das atividades dissertativas escritas do IFPR – campus avançado de Quedas do Iguaçu, a qual será divulgada para a comunidade acadêmica do campus por meio de oficinas ministradas pela coordenadora da pesquisa. Para tanto, será realizada uma pesquisa bibliográfica sobre o conceito de texto e fatores de textualidade. Servirão de base autores como Marcuschi, Costa Val, Beaugrand & Dressler, Koch, Bakhtin, entre outros. Também far-se-á consultas aos documentos oficiais que norteiam o ensino de Língua Portuguesa no Ensino Médio, quais sejam PCNEM e OCNEM e os documentos publicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) para correção das redações do Enem.

Título: POSSIBILIDADES DE PESQUISA E AUTORIA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR DE INGLÊS

Responsável: Lediane Manfé de Souza

Duração: 2017

Palavras-chave:  Formação continuada, Professor de inglês, Pesquisa e Autoria.

Resumo: Olhando para a sala de aula, parece crucial o desenvolvimento de oportunidades para que o professor de língua inglesa tenha condições e tempo para reavaliar desde seu entendimento sobre o que é língua, sobre o porquê ensinar, e, sobre como ensinar essa língua em consonância com o tempo presente e as necessidades de seus alunos. Isso significa colocar o professor em uma condição de pesquisa e autoria, sendo ele, sem sombra de dúvidas, o maior conhecedor da realidade de sua sala de aula. Diante disso, esta pesquisa focaliza o desenvolvimento do professor-autor através do planejamento de práticas pedagógicas locais, situadas e interculturais em um curso de Formação continuada crítica de longa duração para professores de inglês da rede pública, oferecido pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR), campus avançado Quedas do Iguaçu. Este estudo visa investigar as práticas realizadas no curso como possíveis espaços de autoria e pesquisa, nos quais, professores da educação básica tenham oportunidades de aprimorar aspectos linguísticos e, sobretudo, de pensar criticamente suas práticas, e assim, poder fazer escolhas sobre o que e como ensinar diante das necessidades que se apresentam em seu contexto de atuação. Até o momento, a pesquisa vem sendo realizada por meio de levantamento bibliográfico, de discussões e do planejamento do curso. Buscando promover práticas educacionais culturalmente sensíveis (ERICKSON, 2009), o curso de formação continuada no qual se pretende desenvolver esta pesquisa seguirá os pressupostos teóricos da educação linguística em língua estrangeira (SCHLATTER, 2009; SCHLATTER, GARCEZ, 2009; SCHLATTER, GARCEZ, 2012), (re) pensada no construto alternativo do letramento crítico, que, nas últimas décadas, vem sendo amplamente discutido entre autores brasileiros e estrangeiros (COPE; KALANTZIS, 2000; LANKSHEAR; KNOBEL, 2003; MENEZES DE SOUZA; MONTE-MÓR, 2006; MATTOS, 2011; JORDÃO, 2013), bem como, proporcionará o trabalho com práticas que visem o desenvolvimento da competência intercultural (CORBETT, 2003). O curso aliará a competência linguística à pedagógica e deverá ser um curso de longa duração, com ênfase nas práticas pedagógicas como um processo, em que a sala de aula contemporânea se apresenta como espaço de questionamentos e de construção conjunta de conhecimento. Por essas características, almeja-se que o curso a ser ofertado pelo IFPR Quedas do Iguaçu favoreça a abertura de um diálogo próximo com os professores e suas salas de aula, criando oportunidades de pesquisa e autoria de modo a provocar nos educadores a percepção da necessidade de reflexão sobre o processo de ensino da língua inglesa em suas realidades educacionais, para que, assim, o aprendizado dessa língua garanta a inclusão de seus alunos em práticas sociais que acontecem também em inglês, e, das quais eles querem ou precisam participar (GARCEZ, SCHLATTER, 2009).

 

Título: OTIMIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Responsável: Carbone Bruno Schmidt Krug

Duração: 2017

Palavras-chave: Ensino de Matemática, Otimização, Matemática Aplicada, Interdisciplinaridade.

Resumo: A necessidade de desenvolver o ensino da Matemática aliando teoria e prática bem como observando a questão interdisciplinar, foi a principal motivação para a elaboração desse projeto de pesquisa. Para tanto, o presente projeto apresenta a proposta de um estudo exploratório, desenvolvido por meio da pesquisa bibliográfica, com uma abordagem qualitativa. O trabalho tem como objetivos (i) Investigar problemas de otimização que podem ser utilizados para o ensino de conhecimentos matemáticos da Educação Básica e (ii) estimular o estudo da Matemática em uma perspectiva interdisciplinar.

 

Título: A3P – ESTUDO DE VIABILIDADE E DE POSSIBILIDADES DE APLICAÇÃO NO CAMPUS AVANÇADO QUEDAS DO IGUAÇU DO IFPR

Responsável: Vladson Cunha Paterneze

Duração: 2017

Palavras-chave: Estado, Sustentabilidade, Meio Ambiente, Resíduos Sólidos, Instituto Federal.

Resumo: A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Governo Federal que tem como objetivo a adoção de princípios de sustentabilidade nas instituições públicas federais. O objetivo de nossa pesquisa é justamente sensibilizar os servidores e gestores para a importância de aderir ao programa e cumprir as exigências legais, principalmente no tocante à destinação ambientalmente correta de resíduos sólidos gerados no campus avançado Quedas do Iguaçu, assim como em outros campi da rede federal de educação. O levantamento da situação do consumo de energia, da quantidade e dos tipos de resíduos sólidos gerados e a averiguação da quantidade/custo de papel e de cópias/impressões do campus avançado Quedas do Iguaçu, lastrearam a elaboração de um primeiro diagnóstico da instituição no tocante aos temas “uso racional dos recursos naturais” e “gestão de resíduos”, contemplados nos eixos da A3P. O levantamento preliminar, juntamente com a leitura da bibliografia específica para implantação da A3P e outros conhecimentos e debates pertinentes aos esforços desenvolvidos interdisciplinarmente, apontam a pertinência e a viabilidade da adoção e implantação da A3P no campus avançado Quedas do Iguaçu do IFPR, por apontar uma forma de pensar estratégias alternativas para o desenvolvimento do ensino/pesquisa/extensão na instituição. Tais estratégias alternativas desenvolvem-se a partir de uma visão que conecta a “equidade social, a prudência ecológica e a viabilidade econômica” no estudo do desenvolvimento da sociedade. Dessa forma, os resultados preliminares da pesquisa demonstram que a implantação do programa A3P no campus avançado Quedas do Iguaçu poderia resultar em uma melhoria dos processos de destinação de resíduos sólidos gerados pela comunidade acadêmica além de ser importante ferramenta para evitar o desperdício de materiais, alertar para a importância da economia de energia, para capacitar/sensibilizar os servidores a adotarem posturas profissionais e pessoais mais sustentáveis e, para produzir um ambiente de trabalho com mais qualidade de vida, saúde e segurança.