/ Notícias / NAPNE do campus avançado Quedas divulga ações desenvolvidas

NAPNE do campus avançado Quedas divulga ações desenvolvidas

Publicado em


O NAPNE (Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas) é um núcleo consultivo, propositivo e de assessoramento, visando promover e estimular a criação da cultura da educação para a convivência, respeito às diferenças e, principalmente, minimizar as barreiras educacionais, arquitetônicas, comunicacionais, de atitude e tecnológicas no âmbito do IFPR. No campus avançado Quedas do Iguaçu, está vinculado à:

Seção de Ensino, Pesquisa e Extensão;

Coordenações de Cursos; e,

Direção Geral,

No campus, o Napne é constituído por servidores docentes e técnicos administrativos em educação, tendo atualmente oito integrantes. Dentre as ações desenvolvidas nos últimos meses de trabalho podemos destacar:

  • Elaboração do formulário de encaminhamento para o NAPNE;

  • Reunião de apresentação do núcleo junto aos servidores do campus;

  • Documento orientador do NAPNE aos docentes – Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs);

  • Roteiro de estudos para estudantes acompanhados pelo NAPNE;

  • Contato permanente com as famílias e estudantes acompanhados pelo NAPNE, a fim de orientações sobre o ano letivo e desempenho escolar;

  • Live sobre saúde mental com as psicólogas Joceia Dias dos Santos e Sandra Mara Vieira – “Novo vírus, novas atitudes!” em 10/06/20;

  • Contato e encaminhamentos junto aos estudantes que assinalaram alguma vulnerabilidade em relação ao questionário de pesquisa sobre as condições de equipamento e acesso à internet;

  • Dicas online para estudo para todos os estudantes do campus, disponibilizadas em rede social oficial;

  • Criação da aba “NAPNE” no site do campus e inserção de informações correspondentes;

  • Elaboração do Plano de Ações (2020/2021) do Napne;

  • Elaboração do vídeo referente ao Setembro Amarelo (“O QUE REPRESENTA A VIDA PARA VOCÊ? VAMOS FALAR SOBRE VIDA?”);

  • Publicização, em redes sociais, de materiais produzidos pelo núcleo, servidores e estudantes sobre o Setembro Amarelo;

  • Estudo em andamento sobre viabilização para o IFPR do Programa Tutoria de Pares, com reuniões periódicas;

  • Pesquisa realizada junto aos servidores sobre as necessidades de capacitação;

  • Momento de sensibilização concernente às pessoas com deficiência durante o V SEPIEX, bem como viabilização de tradutores e intérpretes de libras durante as palestras do evento;

  • Formação com as professoras Francieli Groli e Telma Gregolin sobre “Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) e Deficiência Intelectual”, em 25/11/20.

  • Reunião de acolhida aos novos professores, explicando o funcionamento do núcleo e as necessidades dos estudantes acompanhados;

  • Oficina com os professores Loretta Derbli Durães da Luz Rosolem e Cleverton Vicentini  – “Adaptação de atividades e avaliações”, em 24/02/21;

  • Elaboração de lista de equipamentos/materiais para processo de compra para atendimento aos estudantes com necessidades educacionais específicas;

  • Planejamento da Sala de Recursos Multifuncional do campus.

Dessa forma, mesmo com a instituição em atividades remotas, identifica-se um trabalho de forma contínua, que busca envolver servidores, famílias e estudantes acompanhados pelo núcleo. Ainda há ações planejadas para a sequência do trabalho, que estão previstas para o decorrer do ano.


Topo